blog sobre marketing digital e tecnologia
Search
Close this search box.

Google Ads ou Facebook Ads para iniciantes? Desvendando as principais diferenças

Conheça os principais recursos do Google Ads e do Facebook e como o tráfego pago pode ser uma solução para atrair novos clientes para o seu negócio.
google ads ou facebook ads

Google Ads ou Facebook Ads para iniciantes? Qual plataforma gera mais resultados? Provavelmente você já deve ter se questionado sobre isso, não é mesmo? O marketing digital é sem dúvidas uma ferramenta que nos proporciona diversas alternativas. E o tráfego pago é uma vertente que, quando devidamente explorada, é capaz de gerar autoridade, notoriedade e consequentemente mais vendas.

Para quem está começando agora a empreender pela internet, é normal fazer alguns questionamentos, como: será se o marketing digital traz resultados? Será que o tráfego pago é uma furada? Será que é preciso gastar muito no marketing digital? Essas dúvidas também são bastante pertinentes. Porém, não existe uma resposta pronta. Cada uma delas demanda do seu posicionamento no mercado, a sua expertise e o que você espera a médio e longo prazo.

Entender a sua visão de negócio é fundamental para criar estratégias capazes de atingir diretamente as principais dores do seu público-alvo. E essa visão precisa ser direcionada a longo prazo! O grande equívoco de muitos iniciantes é não pensar no futuro do seu empreendimento e consequentemente, muitos negócios fecham com menos de três anos de existência. Atrelar o conhecimento do público com os anúncios patrocinados, pode ser sim uma casamento duradouro para diferentes tipos de nicho.

Mas afinal… Qual é melhor? Google Ads ou Facebook Ads? Em meio a estas dúvidas pertinentes, decidimos criar este artigo para que você possa compreender de uma vez as principais diferenças, os recursos de cada uma das plataformas e qual é a melhor opção para quem está iniciando. Portanto, se você busca evidenciar a sua marca no mercado digital, é hora de colocar em ação os tópicos abordados neste texto.

Panorama do marketing digital para as empresas

Para que possamos nos aprofundar sobre Google Ads ou Facebook Ads, é importante compreendermos sobre como o marketing digital tornou-se uma forte referência para as empresas que buscam mais visibilidade no mercado.

Com o acesso facilitado à internet e o aumento da penetração de smartphones, as empresas perceberam a necessidade de migrar seus esforços de marketing para o ambiente digital. Além do avanço dos smartphones, podemos enfatizar também a popularização das redes sociais em nosso país. Smartphone e redes sociais se tornaram uma combinação de extrema utilidade para boa parte da população. Segundo uma pesquisa realizada pela FGV e divulgada no Poder 360, o Brasil tem mais de 2 dispositivos digitais por pessoa. Este número é bastante significativo e reflete a relevância das estratégias de marketing.

Este crescimento impacta também na ascensão do tráfego pago no país. Durante a pandemia da Covid-19, por exemplo, muitos pequenos empreendedores começaram a enxergar os anúncios patrocinados e as redes sociais como uma ferramenta crucial para continuar divulgando e vendendo os seus produtos ou serviços. E de lá pra cá, a procura por anúncios patrocinados tiveram um crescimento significativo para diferentes nichos de mercado. Vamos entender melhor sobre o papel do tráfego pago?

A relevância do tráfego pago

google ads ou facebook ads
Foto: Unsplash – Austin Distel

É quase impossível pensar em Google Ads ou Facebook Ads sem antes considerarmos a relevância do tráfego pago. Podemos entender esta tendência como um combustível para gerar mais vendas e notoriedade no mercado digital. Afinal, a todo momento estamos consumindo conteúdos patrocinados.

O tráfego pago emerge como uma ferramenta estratégica que oferece resultados mais imediatos e mensuráveis. Ele se tornou a via expressa para as empresas que buscam não apenas visibilidade, mas também vendas tangíveis e um retorno sobre o investimento sólido. Ainda sobre a mensuração, ela é sem dúvidas um dos principais meios para acompanhar a eficácia de uma campanha digital. O artigo da Resultados Digitais contextualiza de forma completa sobre a importância da mensuração.

Uma das principais vantagens do tráfego pago é sua capacidade de alcançar o público certo no momento certo. Ao contrário das estratégias de tráfego orgânico, que podem levar tempo para gerar resultados, o tráfego pago permite que as empresas coloquem suas mensagens diretamente na frente dos olhos de seus consumidores em potencial, quase que instantaneamente. Essa agilidade é fundamental em um ambiente em que a atenção dos consumidores é fugaz e a concorrência é acirrada.

Vale sempre reforçar que o tráfego orgânico também é relevante e eficaz! E quando trabalhado de forma conjunta com o tráfego pago, os resultados costumam ser ainda mais positivos. Ter uma estratégia de funil de vendas no tráfego orgânico, por exemplo, está em alta no país e pode ajudar a potencializar ainda mais o seu negócio. Entenda como funciona o funil de vendas no marketing digital.

Como vimos, as campanhas bem planejadas de tráfego pago podem começar a trazer resultados em questão de horas, proporcionando um impulso significativo às metas de negócios. Além disso, as plataformas de anúncios, como o Google Ads e Facebook Ads oferecem flexibilidade orçamentária, permitindo que as empresas definam seus próprios limites de gastos diários ou totais. Isso torna o tráfego pago acessível a uma variedade de empresas, desde startups até corporações estabelecidas. Vamos entender melhor sobre a plataforma do Google e da Meta?

Google Ads

google ads ou facebook ads
Foto: Unsplash – Firmbee

O Google Ads, uma das ferramentas mais evidentes quando o assunto é marketing digital, oferece uma gama de recursos que possibilitam às empresas alcançar públicos-alvo específicos, promover produtos e serviços e obter resultados mensuráveis. Essa plataforma abrange diversas formas de publicidade online, é um playground criativo e estratégico para empresas que desejam se destacar no competitivo mundo digital. Vamos entender um pouco mais sobre as suas funcionalidades?

  • Rede de pesquisa: O coração do Google Ads é a Rede de Pesquisa, onde os anúncios são exibidos nos resultados das pesquisas do Google. Esse recurso permite que as empresas alcancem usuários que estão procurando continuamente por informações, produtos ou serviços relacionados às palavras-chave escolhidas. Para iniciantes, a Rede de Pesquisa oferece uma maneira direta de capturar a intenção de compra de usuários e direcioná-los a páginas de destino específicas. O artigo do blog Neil Patel explica em detalhes sobre a rede de pesquisa do Google Ads.

  • Rede de display: Já a rede de display do Google abrange um vasto conjunto de sites parceiros, incluindo blogs, sites de notícias e outros espaços online. Os anúncios exibidos na rede de display podem ser em formato de texto, imagem ou vídeo, permitindo que as empresas alcancem uma audiência ampla e diversificada. Esse recurso é especialmente útil para iniciantes que desejam aumentar o reconhecimento da marca e expandir seu alcance para além das buscas.

  • Anúncios em vídeo: Os anúncios em vídeo no Google Ads são exibidos no YouTube, uma das maiores plataformas de compartilhamento de vídeos do mundo. Para iniciantes, essa é uma maneira eficaz de contar histórias visualmente, envolver o público e demonstrar produtos ou serviços de maneira impactante. Com opções de segmentação precisas, os anúncios em vídeo permitem que as empresas alcancem um público altamente relevante.

  • Remarketing: O recurso de remarketing permite que as empresas exibam anúncios para usuários que já visitaram seu site anteriormente. Isso é particularmente valioso para reengajar clientes em potencial que podem estar no estágio de consideração. O remarketing é uma ferramenta eficaz para incentivar os usuários a retornarem e completarem uma ação, como fazer uma compra ou preencher um formulário de contato.

  • Segmentação por palavras-chave: A segmentação por palavras-chave é uma característica central do Google Ads. Permite que as empresas escolham palavras-chave relevantes para seus produtos ou serviços, garantindo que os anúncios sejam exibidos quando os usuários buscam essas palavras no Google. Essa precisão na segmentação ajuda a garantir que os anúncios sejam exibidos para um público altamente relevante e interessado.

  • Lances e orçamentos flexíveis: O Google Ads oferece controle total sobre os lances e orçamentos. Isso permite que as empresas definam quanto estão dispostas a pagar por cliques, visualizações ou ações específicas, adaptando-se às suas capacidades financeiras. Essa flexibilidade é especialmente benéfica para iniciantes, pois permite que ajustem gradualmente seus gastos à medida que obtêm mais insights sobre o desempenho das campanhas.

  • Métricas e relatórios detalhados: Uma das características mais valiosas do Google Ads é sua capacidade de fornecer métricas detalhadas e relatórios abrangentes. Iniciantes podem acessar dados precisos sobre o desempenho de suas campanhas, como taxa de cliques, taxa de conversão e custo por aquisição. Essa análise constante permite que ajustem suas estratégias com base em resultados reais, otimizando suas campanhas ao longo do tempo. Entenda mais sobre como consultar e calcular as métricas no artigo do Google.

Entender estes conceitos é a base para você definir um plano estratégico dentro do Google Ads. Vale sempre pontuar que não existe uma estratégia pronta. Afinal, tudo irá depender das suas necessidades e o que você espera com a sua campanha publicitária na plataforma. Fazer testes é também um elemento chave dentro do marketing digital.

Facebook Ads

google ads ou facebook ads
Foto: Unsplash – Path Digital

O Facebook Ads possui certa semelhança com o Google. Porém, a plataforma é direcionada para atrair a atenção do público. Ou seja, ela é mais direcionada para o quesito áudio visual. Vamos entender um pouco melhor sobre as principais funcionalidades do Facebook Ads?

  • Segmentação detalhada: Um dos principais atrativos do Facebook Ads é sua capacidade de segmentação detalhada. As empresas podem direcionar anúncios com base em uma ampla gama de critérios, como idade, sexo, localização, interesses, comportamentos online e conexões sociais. Essa segmentação precisa permite que iniciantes alcancem audiências altamente relevantes, garantindo que suas mensagens sejam entregues às pessoas certas.

  • Público semelhante: O recurso de público personalizado permite que as empresas usem informações de contato, como endereços de e-mail, para alcançar clientes existentes de maneira mais direcionada. Além disso, o Facebook permite a criação de públicos semelhantes, que são compostos por pessoas com características semelhantes às dos clientes existentes. Esses recursos são vitais para iniciantes que desejam expandir sua base de clientes e alcançar novos públicos potenciais.

  • Formatos de anúncios criativos: O Facebook Ads oferece também uma variedade de formatos de anúncios criativos, incluindo imagens, carrosséis, vídeos e histórias. Essa diversidade de formatos permite que as empresas contem histórias de maneira envolvente e visual, captando a atenção dos consumidores e transmitindo mensagens de maneira eficaz. Os anúncios em carrossel, por exemplo, permitem que iniciantes mostrem vários produtos ou recursos em um único anúncio, aumentando as chances de engajamento. Saiba mais como fazer anúncios criativos.

  • Anúncios no feed de notícias e Instagram: Os anúncios do Facebook Ads podem ser exibidos no feed de notícias dos usuários do Facebook e também no Instagram, uma das plataformas de compartilhamento de fotos e vídeos mais populares. Esses espaços altamente visíveis permitem que as empresas alcancem seu público-alvo durante sua rolagem diária, aumentando a probabilidade de interações significativas.

  • Otimização: A otimização automatizada ajuda os iniciantes a obter resultados melhores e mais eficazes. A plataforma pode otimizar automaticamente a distribuição de anúncios para alcançar os melhores resultados com base nos objetivos de negócios, como cliques, conversões ou engajamento. Isso é particularmente valioso para aqueles que estão começando e desejam maximizar seus investimentos de forma eficiente.

  • Métricas detalhadas: Assim como o Google Ads, o Facebook Ads também oferece uma ampla gama de métricas detalhadas e insights para avaliar o desempenho das campanhas. Iniciantes podem analisar métricas como alcance, engajamento, custo por clique e conversões para entender como seus anúncios estão performando. Essas informações são cruciais para ajustar estratégias, refinar abordagens e alcançar melhores resultados ao longo do tempo.

Outra consideração importante é que não adianta você apenas buscar entender qual é melhor entre Google Ads ou Facebook Ads. As duas ferramentas oferecem recursos inteligentes para que o seu negócio ganhe força e visibilidade no mercado digital. 

Google Ads ou Facebook Ads?

Como vimos até aqui, ambas as plataformas oferecem oportunidades de alcance e engajamento significativos, mas possuem abordagens distintas que se alinham de maneira diferente com os objetivos de marketing de cada negócio. Por isso, antes mesmo de mergulhar nos anúncios patrocinados, é fundamental fazer um plano de negócio e de marketing. Sem um planejamento prévio é quase impossível pensar em gerar resultados no mercado digital.

O Google Ads é frequentemente considerado por muitos como o motor principal do tráfego pago, especialmente quando se trata de capturar intenções de compra específicas. Os anúncios na rede de pesquisa, por exemplo, são exibidos nos resultados de busca do Google quando os usuários pesquisam palavras-chave relevantes. Isso torna o Google Ads altamente eficaz para empresas que desejam atingir um público que já está ativamente buscando produtos ou serviços relacionados. A rede de pesquisa é também altamente explorada por empreendedores que já sabem o nível de consciência do seu potencial cliente. Ou seja, se a palavra-chave que o consumidor usa para fazer uma compra for fundo de funil, o Google Ads é uma boa opção para capturar este público.

Por outro lado, o Facebook Ads oferece uma abordagem mais voltada para a construção de relacionamentos, consciência de marca e engajamento com o público. As empresas podem segmentar anúncios com base em interesses, demografia, comportamento e conexões sociais, permitindo que alcancem um público amplo ou altamente específico. Isso faz do Facebook Ads uma escolha ideal para iniciantes que buscam construir reconhecimento de marca e estabelecer uma presença sólida nas redes sociais.

Definir entre Google Ads ou Facebook depende diretamente dos seus objetivos. Não existe a melhor ou a pior solução. Cada plataforma possui as suas funcionalidades. Entender a sua visão de negócio a médio e longo prazo é um fator fundamental antes mesmo de escolher em qual plataforma anunciar. 

Se você já tem um conhecimento do seu público e conhece a jornada de compra, o Google Ads pode ser uma solução interessante ao colocar palavras-chave de fundo de funil. Agora, se você busca evidenciar a sua marca para um público mais amplo e criar relacionamentos, o Facebook é uma ferramenta bastante eficaz neste quesito. Porém, ambas entregam conversões e posicionamentos. Não existe o certo ou errado. Tudo irá depender da sua estratégia.

Quer saber mais sobre estratégias de marketing digital e como aproveitar ao máximo o Google Ads e o Facebook Ads? Fique ligado em nosso blog! Postamos conteúdos diários para que você possa conquistar novos objetivos. 🙂

Últimos Posts

Categorias

Últimas Postagens

Stories Mais Vistos

Receba Newsletter

Insira o seu e-mail e receba dicas, novidades e informações sobre Tecnologia e Marketing Digital.

Redes Sociais